Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 10 minutos.

A década era a de 1990. Brasileiros migravam em massa em busca de novas oportunidades em países como os Estados Unidos da América. O “Sonho Americano” atraia milhões de pessoas dos mais variados países do mundo para o próspero EUA. Entre eles, o jovem Alex Cavalheiro.

Nascido no município de Medianeira, no interior do Parará, Alex mudou-se com a família, ainda criança, para outro município interiorano, desta vez Nova Veneza no sul do estado de Santa Catarina. Lá ele cresceu e aproveitou os anos da sua juventude em uma vida simples no campo com seus pais e irmãos, mas logo veio o desejo de ir em busca de oportunidades em terras americanas, a inquietude jovem de ir além.

Na casa dos 20 anos de idade Alex Cavalheiro, seu irmão Jonas Cavalheiro, um pouco mais novo, e outros membros da família encarariam um dos maiores desafios até então. Ir para outro país, uma outra cultura em busca da concretização de um sonho que, embora ainda desconhecido para eles, já começava a se concretizar.

O primeiro emprego em solo americano

A ida para os Estados Unidos teve a ajuda de um tio, um cunhado e outras pessoas da família que deram suporte financeiro desde a compra das passagens, além de outros gastos envolvidos para a ida para a América. Ainda no Brasil, Alex sabia das dificuldades enfrentadas por imigrantes em solo americano, mas já havia traçado metas e objetivos bem claros em sua mente.

“Eu fui para os EUA com algumas perspectivas e com pensamentos bem definidos. Eu fui para lá e eu pensei comigo: eu não vou roubar, eu não vou matar, eu não vou me prostituir! O que eu tiver que fazer lá de forma digna, de forma honesta, eu farei. Eu fui disposto para trabalhar, seja qual for a atividade. Então eu me preparei para os piores empregos, para mim era indiferente, eu fui com um propósito que era vencer na vida”, enfatiza Cavalheiro.

O primeiro emprego veio e com ele oportunidades, foi na área da jardinagem. “A primeira tarefa era varrer o chão das empresas. No inverno tinha que varrer todo o chão por causa do acúmulo da neve e do sal, utilizado nas estradas para a circulação dos carros. Aí, um dia, eu me deparei realizando essas atividades e pensei: eu não quero isso para minha vida, eu quero crescer profissionalmente, quero ir além”, conta Alex.

O teste dos US$ 300,00 e o cargo de gerência

Nos Estados Unidos em plena década de 1990 com muitas pessoas chegando, até mesmo “a terra das oportunidades” estava cheia de concorrência, Alex percebeu que só teria notoriedade se fosse além, e foi isso que ele fez. “Foi nessa hora que eu pensei em construir a minha carreira e notei que o primeiro passo teria que partir de mim mesmo, apenas do meu esforço. Para eu crescer enquanto profissional eu tenho que ser melhor que meus colegas, fazer o diferencial e assim eu fiz. Fazia tudo com dedicação e com muito amor. Em tudo que eu fazia, eu fazia como se eu estivesse fazendo para mim, para minha casa, para minha empresa, mantendo sempre um alto padrão de qualidade naquilo que eu podia ofertar. Não media esforços para garantir a satisfação dos nossos clientes”, enfatiza Alex.

Uma das maiores surpresas dele nos EUA, e o que viria a ser uma das maiores lições de sua vida, foi uma promoção que veio fruto da sua honestidade. “Meu patrão chegou para mim um dia para fazer o pagamento em dinheiro, como era costume para mim e para meus colegas, e eu contei o pagamento e notei que veio UR$ 300,00 a mais. Então eu cheguei para ele e devolvi a parte que veio a mais. Ele fez uma cara de surpreso e feliz, me agradeceu e eu falei na época: o que é meu, é meu, o que é teu, é teu”, conta Alex.

Depois de algum tempo o patrão americano o chamou para uma reunião na casa dele, para promover Alex a líder da equipe e questionou o jovem. “Alex, você sabe por que eu estou de promovendo a gerente? Eu respondi: pelo meu esforço, dedicação? Ele falou: Também, mas você lembra daqueles UR$ 300,00 que você me devolveu? Eu respondi: claro, lembro sim. Ele disse: pois é, eu dei UR$ 300,00 a mais para outros três funcionários, somente você me devolveu o valor”, um gesto que não foi esquecido pelo patrão e que acabou sendo um dos motivos da promoção de Cavalheiro em seu primeiro emprego na América.

Entregar e promover experiências aos clientes

Cortar grama, todo mundo corta não é mesmo? Mas o que fazer para chamar a atenção para essa atividade? Como cativar as pessoas com seu trabalho? Alex já tinha em mente que, mais que cortar grama, ele tinha que proporcionar uma experiência positiva aos seus clientes, impressioná-los com seu trabalho, que para muitos era apenas mais uma “atividade normal”. E mais uma vez, ele conseguiu!

“Um dia eu estava cortando a grama de uma residência, era um dia de sol e o proprietário veio me trazer um suco e me disse: “Alex, depois que você termina de cortar a grama, eu vou até a varanda e fico apreciando a vista, o jardim e o gramado, tamanha a beleza do seu trabalho”, conta Alex.

Alex e a visão empreendedora: investir para ter resultados

O trabalho com corte de grama era rentável nas estações mais quentes. No inverno a demanda caia consideravelmente e com metas traçadas e a busca por resultados nos EUA imediatos, Alex decidiu mudar de emprego. Foi então que ficou sabendo que um brasileiro estava deixando seu emprego em uma pizzaria para voltar ao Brasil.

Alex rapidamente entrou em contato com o profissional. “Cheguei para ele e ofereci UR$ 3,000 dólares pela indicação para a vaga. Ele ficou surpreso com a minha atitude e, assim como ele, muitos não entenderam a minha intenção. Na verdade, eu estava investindo aquele dinheiro. A profissão de entregador de pizza era uma atividade que era extremamente rentável, até eu ter uma oportunidade como aquela, eu teria que trabalhar muito até chegar lá, com aquele investimento eu começaria em um nível mais elevado na pizzaria e logo eu conseguiria o valor investido de volta”, explica Cavalheiro, que demonstrava, desde aquela época, uma percepção de negócio muito mais alta em relação aos seus colegas.

O mesmo aconteceu quando Alex decidiu aprender mais na pizzaria. “Eu cheguei para o dono da empresa e falei: vou trabalhar para você uma semana de graça. E expliquei que não seria justo ele me pagar para eu aprender uma profissão. Então naquela semana, eu aprendi todos os processos e procedimentos e aí sim, após eu ter noção de tudo que eu teria que fazer, eu comecei a receber pelo meu trabalho”, conta Alex.

Mais do que entregar pizzas

Se com o gramado Alex já fazia o diferencial, entregando pizzas não seria diferente! “Eu não entregava só pizza, mas eu tentava fazer o dia dos clientes melhor, eu estava sempre disposto a ajudar e servir”, explica o empresário. Em outras oportunidades enquanto ele aguardava o cliente guardar a pizza e trazer o dinheiro, Alex fazia a limpeza da fachada das casas no inverno, por exemplo, quando acumulava neve na frente das casas e sempre perguntava em que poderia ser útil para as pessoas.

A volta de Alex para o Brasil

O ano era o de 2002. Alex, depois de passar alguns anos nos Estados Unidos, voltava para o Brasil para investir e continuar o sonho de empreender. Ainda não sabia ao certo no que investir, até que descobriu a educação como uma das possibilidades.

“Eu rezei muito a Deus para que ele me ajudasse a encontrar um propósito, uma missão, algo em que eu me sentisse realizado como ser humano. E hoje, sem dúvidas nenhuma, olhando toda a minha história e o que aconteceu na minha vida, posso dizer que Ele atendeu as minhas preces. Entrei na área da educação e na educação eu transformei a minha vida e a vida de milhares de alunos no Brasil inteiro, e agora na Angola também, onde inauguramos nossa primeira unidade internacional”, destaca Cavalheiro.

Fé na caminhada

Orar e agradecer a tudo o que aconteceu, e ainda acontece à sua volta, faz parte da rotina do CEO da rede Instituto Mix. Alex enfatiza que respeita todas as religiões e que, todos os dias, agradece a Deus por tudo o que Ele proporciona à sua família, empresa e amigos. Realizações profissionais e pessoais que ele tem convicção de que alguém “lá em cima”, sempre lhe acompanhou e atendeu suas preces.

“Rezo todos os dias agradecendo também as pessoas maravilhosas que Deus colocou no meu caminho. Tenho um orgulho muito grande de todos os colaboradores da rede, másteres, franqueados, gerentes, instrutores, orientadores, coordenadores, sou extremamente grato por ter pessoas magníficas ao meu lado construindo a cada dia um degrau a mais nesse sonho, nessa missão coletiva que é transformar a vida de nossos alunos”, enfatiza Alex.

O Instituto Mix de Profissões

A rede Instituto Mix de Profissões iniciou as atividades oficialmente em 2010 e completou seus 10 de existência em 2020. Ao longo de uma década a empresa ajudou a transformar a vida de mais de 1 milhão de alunos por meio da educação profissionalizante. São mais de 100 cursos em nove áreas como Administração, Beleza, Construção Civil, Gastronomia, Idiomas, ImMaker, Moda, Saúde e Tecnologia. E mais de 50 cursos disponíveis na nova plataforma de ensino da rede IM, o Store IM, a loja virtual do Instituto Mix de Profissões.

Com sede no município de Araranguá, no interior do estado de Santa Catarina e com uma Universidade Corporativa (UCIM) própria na cidade de Nova Veneza, a poucos quilômetros de sua sede, a empresa expandiu horizontes de maneira extraordinária em poucos anos, chegando a 23 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Prêmios e mais prêmios

Em 10 anos a marca Instituto Mix se consolidou no mercado de franchising e logo se destacou perante a concorrência. Conquistando 6 selos de reconhecimento e da publicação Pequenas Empresas Grandes Negócios (PEGN) e mais 6 selos de excelência em franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Com tantas conquistas chega ser difícil enumerar os principais destaques da rede nesta primeira década. Mas podemos ressaltar a internacionalização da rede, que cruzou fronteiras com sua primeira unidade na província de Benguela em Angola, no continente africano. Tiveram as inaugurações da Editora IM, da UCIM e da IMTV, além da construção da nova sede da franqueadora Instituto Mix, o anúncio da chegada do Caminhão das Profissões e durante a pandemia, enquanto muitas empresas passavam dificuldades para se adaptar, o IM saia na frente com o Store IM, a loja virtual do Instituto Mix, atendendo a nova demanda de alunos e a nova realidade mundial, com a tendência do isolamento social.

Mas como a rede chegou até aqui? Como cresceu tanto em tão pouco tempo? O segredo, além de realizar sonhos e transformar a vida das pessoas, foi a inovação e o investimento todos os anos em novidades. Nesses dez anos de existência o Instituto Mix de Profissões acompanhou de forma extraordinária as tendências do mercado e evolui com muita qualidade. Desde sua fundação até os dias atuais.

2010

Nascia em 2010 a história de sucesso da rede Instituto Mix de Profissões, embora sua sede seja em Araranguá, Santa Catarina, as primeiras sete unidades do IM foram inauguradas no estado de São Paulo.

2011

Neste ano o foco foi o aprimoramento das rotinas, a padronização das operações das unidades, foram definidos os processos para aumentar a satisfação de alunos e colaboradores, permitindo a escalabilidade do negócio assim como a estabilidade das escolas.

2012

Foi o ano da entrada no mercado de franchising iniciando com sucesso a expansão em território nacional. Conquistando rapidamente mais de 60 escolas em diversos estados, fruto do suporte diferenciado a franqueados e colaboradores, ferramentas de gestão personalizadas e grande variedade de cursos.

2013

A rede continuou expandindo de forma fenomenal, concluindo o ano de 2013 com impressionantes 110 franquias e 96% de satisfação dos franqueados da rede.

2014

A rede atinge a marca de 130 franquias vendidas e 20 másteres instaladas no Brasil. Estando presente nos estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Amapá, Maranhão, Piauí, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Tocantins, Ceará, Bahia, Pernambuco, Distrito Federal e Goiás, atingindo a marca de mais de 90 mil alunos matriculados.

2015

Inauguramos nesse ano a Editora IM, com capacidade para atender todas as escolas da rede. A empresa atinge a surpreendente marca de 2040 unidades franqueadas em apenas 3 anos com o sistema de franchising.

2016

A rede Instituto Mix de Profissões atinge a marca de 300 franquias no Brasil, trazendo ainda mais credibilidade e visibilidade para a marca já consolidada no mercado de franchising brasileiro.

2017

Nasce nesse ano a Universidade Corporativa Instituto Mix (UCIM). No mesmo ano foi inaugurado um canal de web TV próprio, com programação focada no compartilhamento de informações e capacitações para os colaboradores. A IMTV surge para profissionalizar ainda mais nossos franqueados e másteres da rede com programas específicos para cada segmento da empresa como marketing, pedagógico, comercial, cobrança e assessoria, TI, mídias e muito mais.

2018

Sempre ligada nas tecnologias e tendências da educação, a rede IM inova mais uma vez com a realidade aumentada e a realidade virtual. Juntas elas ampliam a interação e o conhecimento dos alunos por meio do aplicativo IM 360.

2019

Grandes feitos foram apresentados para franqueados e colaboradores em 2019, entre eles o anúncio oficial que cruzávamos fronteiras, fechando o primeiro contrato de uma unidade IM fora do Brasil em Benguela, no país africano de Angola.

Teve também o início das operações na nova sede da franqueadora Instituto Mix, um complexo que une tecnologia e sustentabilidade criando um “eco sistema de inovação”. O novo espaço reúne a Editora IM, a IMTV, o prédio principal da franqueadora, em que os colaboradores trabalham em ambiente coworking, onde todos os setores podem interagir entre si otimizando a troca de informações e a operacionalidade dos serviços, há ainda o IM Happy, espaço destinado ao lazer e as refeições dos colaboradores, auditório e uma escola modelo.

2020

O ano de 2020 está sendo desafiador, mas também um divisor de águas para a rede IM, uma das novidades do ano foi o Caminhão das Profissões. A escola itinerante de mais de 10 metros de comprimento irá levar a marca IM, e os serviços prestados pelas escolas, para todos os cantos do país.

Em meio a pandemia do novo Coronavírus, o Covid-19, o Instituto Mix lançava no mercado o Store IM, a loja virtual do Instituto Mix de Profissões. Outras novidades também vieram como o Afiliado IM, iniciativa em que qualquer pessoa pode indicar os cursos do IM e faturar dinheiro com comissões nas vendas dos cursos. Teve o lançamento, também, do IMLabs que é uma tecnologia educacional completa que oferece todos os recursos necessários para uma experiência de aprendizado digital.

Gratidão

“Se chegamos até aqui foi graças a um time vencedor de colaboradores, franqueados e másteres que não medem esforços para buscar sempre o melhor, sem nunca deixar nosso foco de lado, que são as pessoas. Temos como objetivo transformar a vida de milhões de brasileiros por meio da educação. E ao longo desses 10 anos temos buscado em cada ação do Instituto Mix colocar nosso aluno em primeiro lugar, e os resultados positivos são os reflexos das nossas escolhas, prova de que estamos no caminho certo”, enfatiza o CEO da rede, Alex Cavalheiro.

Você pode acompanhar mais informações sobre a história de Alex Cavalheiro e da rede Instituto Mix de Profissões na live que o Chefe Executivo de Operações do IM apresentou, contando mais detalhes da sua trajetória de sucesso.

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!