Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 3 minutos.

O Dia dos Avós é lembrado no dia 26 de julho, e uma constatação que tem marcado a data ultimamente é a inclusão digital dos nossos queridos avós.


Apesar das dificuldades de interagir com tantas novidades que surgem a todo o momento, eles estão migrando cada vez mais rápido para as novas tecnologias, e a paciência para ajudá-los nessas horas é fundamental!

Aliás, já deixamos uma dica ótima de curso para você presentear seus avós: Universidade da Vida, do Instituto Mix de Profissões. Que tal? Lembrando que temos uma gama de cursos na área de informática e muito mais, basta procurar uma unidade IM mais próxima de você para mais informações!

Dados da inclusão dos avós


De acordo com pesquisas realizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), as pessoas que estão na terceira idade, isto é, aquelas que têm 60 anos ou mais, estão cada vez mais conectadas à internet, fato de se intensificou durante a pandemia.

Um dado curioso, especialmente com relação aos avôs e avós internautas, é que o acesso se dá através de dispositivos móveis, como o 4G do celular. Ou seja, a terceira idade está conectada no smartphone. Diante desse cenário é imprescindível que os idosos aprendam a manusear um smartphone e todos os outros equipamentos tecnológicos, como computadores e mesmo smart TVs, com destreza.

Não por acaso, o número de pessoas dispostas a ensiná-los em cursos de curta duração é também maior, e nós do Instituto Mix de Profissões estamos prontos para ajudá-los nesta missão! 

Devo incentivar meus avós a se conectar à internet?


Segundo o IBGE, a população idosa do Brasil em 2018 era de 28 milhões de pessoas, e a expectativa do próprio Instituto é de que, em dez anos, o número de idosos chegue a mais de 38 milhões de pessoas.


A projeção para 2030, por exemplo, é de que, pela primeira vez, a população idosa brasileira seja mais numerosa que a de crianças, passando dos 43 milhões.

A tendência é que os idosos continuem utilizando os dispositivos digitais. Considerando também que eles deverão se aposentar mais tardiamente devido à reforma da Previdência, ensiná-los a usar essas tecnologias não é bem um hobby, mas sim uma necessidade!

Garantir maior independência para nossos avós


A internet é um ambiente repleto de possibilidades. Ali é fácil, por exemplo, fazer compras online, seja em supermercados, farmácias ou lojas de roupas. Também é possível procurar assistência médica e hospitalar, além, é claro, das infinitas possibilidades de entretenimento e lazer.

Abrir esse mundo para os idosos é garantir que eles tenham uma vida mais independente, que possam realizar as suas tarefas sem muitas limitações e que tenham, acima de tudo, qualidade de vida.

Muita atenção com as fraudes e os golpes!


Abrir a Caixa de Pandora que é a internet também tem seus riscos, como, por exemplo, o contato com as pessoas mal intencionadas do mundo virtual. Por isso, outro motivo de fazer a inclusão da população idosa no universo digital é preveni-la de possíveis fraudes e golpes comuns.

Logo, a inclusão digital não é apenas ensinar a ligar o computador ou a usar os aplicativos nos smartphones. A inclusão é ajudá-los a conhecer melhor o ambiente virtual, garantindo que tenham know-how para navegar com segurança e qualidade. 

Mas como fazer a inclusão dos avós?


Um dos principais estigmas contra os quais os idosos precisam lutar é o de que a partir de certa idade eles não conseguem mais aprender coisas novas.


As pessoas que lidam diretamente com a terceira idade, como os médicos geriatras, por exemplo, apontam justamente o efeito danoso desses estigmas sobre a autoestima dos idosos.

Com uma autoestima mais frágil, o processo de aprendizado pode ficar mais difícil. Por isso, para realizar a inclusão digital desse grupo é necessário trabalhar aspectos mais subjetivos, como a própria autoestima e a confiança. Eles precisam se sentir confiantes no processo de aprendizado, e também por isso os instrutores devem ser ainda mais pacientes.

É sempre importante reforçar que a inclusão digital não pode ser impositiva e que os idosos devem ter autonomia para decidir quando e como ingressar nesse universo.

Todos podem ter acesso às tecnologias! 


Concomitante a isso, a sociedade precisa entender que essas pessoas têm plenas condições não só de aprender e estar no mundo digital, como fazer dele também a sua morada.

Neste Dia dos Avós, ajude os seus avós a se encontrarem neste novo momento em que vivemos, com um curso do Instituto Mix de Profissões, vá até uma unidade IM para saber mais! 

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!