Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 4 minutos.

O homem moderno está mais preocupado com sua aparência, e os homens aumentam os gastos com beleza a cada ano. Cabelo bem cortado, barba estilizada (que está na moda), unhas bem aparadas e, cada vez mais, cuidados com a depilação corporal. Tem aumentado em todo o país o mercado de depilação destinado para homens. O que antes era um tabu, virou febre para muitos jovens e adultos. Na temporada de verão homens e mulheres buscam estar sempre em “dia” com a depilação. No caso dos homens, um dos grandes vilões nessa época do ano são os pelos nas costas e no peito. Com as altas temperaturas os homens ficam geralmente sem camisa e nem todos se sentem à vontade com seus pelos à mostra, principalmente ser for muito denso. Os homens, por natureza, possuem mais pelos corporais que as mulheres, aliado a isso o público masculino de algumas etnias, como as de origem latina (português, espanhóis e italianos), tendem a ter mais pelos corporais. Há quem goste, há quem ache másculo, há quem não goste e que ache antiquado e desnecessário. Mas a verdade é que cresce o número de homens que querem ver como seu corpo fica sem os pelos e a maioria acaba gostando do resultado.

Aplique e puxe!

Quando os homens ouvem em depilação a cera sentem automaticamente um arrepio na espinha. De fato, os pelos dos homens são mais grossos e resistentes que os pelos das mulheres. Com isso a depilação, dependendo do método, costuma ser mais dolorida. A depilação a cera é a mais comum e costuma ser a mais em conta financeiramente, mas pode ser uma das mais doloridas para os homens. Mas a dor é compensada pelo resultado, em alguns casos a pele pode ficar até um mês sem pelos. O uso frequente da cera acaba afetando o pelo, que passa a crescer cada vez mais quebradiço e fino, facilitando a depilação em aplicações futuras do produto. Você pode utilizar a cera fria ou cera quente. A primeira, embora mais prática por já vir pronta para a aplicação, não costuma ser indicada para áreas muito delicadas, especialmente porque o processo pode ser mais dolorido do que a outra opção.

Já a segunda alternativa, a cera quente, é ideal para a depilação íntima, pois o calor possui ação anti-inflamatória e ajuda a dilatar os poros, facilitando a saída dos pelos.

Uso de lâminas

Esse é um dos métodos mais utilizados pelos brasileiros devido ao fácil acesso, tem em praticamente qualquer mercadinho ou farmácias, e ao baixo custo de uma navalha. Homens e mulheres usam muito as lâminas. Porém essa é uma das opções que mais comprometem a pele, pois a lâmina vai raspando a superfície e rasgando, em alguns casos, a pele. Geralmente há o sangramento de alguns pontos. O cuidado deve ser redobrado nas regiões íntimas, pois a pele nesses locais é ainda mais sensível.

Além de ser perigoso o manuseio de uma lâmina a depilação com esse recurso não dura muito. O pelo volta a nascer rapidamente e em muitos casos ainda mais forte e grosso, o que pode acarretar em sensações de desconforto. É preciso ter cuidados com a navalha, que geralmente é descartável justamente para evitar proliferação de fungos ou bactérias devido a umidade.

A ascensão das maquininhas entre os homens

As máquinas estão caindo no gosto dos brasileiros. É cada vez mais comum o homem ter um aparelho desse em casa. Há atualmente maquininhas especializadas para corte de barba e, claro, as de cabelo. Muita gente aproveita para utilizar os aparelhos para a depilação de peito, costas e até mesmo em locais íntimos. A máquina consegue promover um bom resultado, porém ela não retira a raiz do pelo e há um limite de corte, não ficando totalmente “lisinho”. Assim como a depilação com lâminas, o corte com maquininhas gera um bom resultado no momento, mas depois de alguns dias o pelo volta a nascer firme e forte. Para quem gosta da facilidade e não quer ficar gastando essa é uma boa opção.

Cremes depiladores para homens

Para quem tem aversão a dor, ceras, puxões, lâminas e cortes, temos uma solução! Há hoje no mercado cremes disponíveis para a remoção dos pelos. O produto age na raiz do pelo, soltando-o. Mas antes de sair aplicando cremes no corpo, primeiro identifique a composição do produto e veja se você não tem alergia a nenhum dos componentes da fórmula. Vale destacar que, embora seja indolor, o resultado da depilação com cremes pode não ser tão eficaz, alguns pelos mais resistentes podem não sair após a aplicação. O efeito de pele lisinha dura em torno de duas semanas apenas, sendo a depilação a cera ainda mais eficaz nesse caso.

Depilação a laser

Sabe aquela expressão de que tudo que é bom custa caro, isso se aplica nessa modalidade de depilação. Quem não se habituou aos outros métodos como cera, lâminas, cremes e maquininhas, a depilação a laser é um das opções indolores e que mais promove resultados. Quem escolhe uma depilação a laser pode ficar até um ano ou mais sem o aparecimento dos pelos e dependendo da quantidade de sessões, eles somem por completo do seu corpo. Mas prepare seu bolso! Essa é uma das alternativas mais caras do mercado, os preços costumam variar bastante entre as clínicas especializadas. Mas como todo procedimento estético procure uma clínica com renome e que seja bem conceituada entre os clientes, não arrisque sua pele e sua saúde com profissionais amadores e lembre-se que o barato sai caro. Geralmente as clínicas mais caras são as de mais qualidade.

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!