Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 2 minutos.

Se você é um MEI deve estar atento às regras deste tipo de empresa. Alguns erros podem prejudicar, e muito, seu empreendimento.

Confira aqui cinco dicas para garantir o bom andamento de seus negócios.

Regulamentação

Primeiramente, siga a lei. O básico é: sua MEI não pode faturar mais do que o limite de 81 mil reais no ano, ou seja, 6.750 reais por mês. Você também não pode deixar de pagar mensalmente sua DAS (Documento de Arrecadação Simplificada) que varia entre R$ 47,85 e R$ 52,85. E por fim, pode ter somente um funcionário recebendo um salário mínimo.

Declaração de Imposto

O segundo ponto é jamais se esquecer de enviar a declaração de imposto de Renda anualmente, caso sua MEI ultrapasse o limite de receita bruta anual de R$ 60.000. Nem precisa dizer que este lapso pode lhe render muita dor de cabeça e complicações desnecessárias.

Se sua MEI se enquadra neste porte, lembre-se de sempre de descontar no IR as despesas e apresentar como rendimento o lucro liquido que obteve.

Controle Financeiro

Nossa terceira dica é ter controle de suas finanças. E isto significa monitorar inclusive seus pequenos gastos. Você sabe: de grão em grão…

Isso não quer dizer que você não pode fazer aquele lanche da tarde, ou comprar a melhor folha de oficio do mercado, mas que você deve saber exatamente quanto está gastando por ano com estes itens que parecem inofensivos. Compras desordenadas não são permitidas para quem está querendo ter sucesso financeiro.

Você deve ter como meta fechar o mês sempre no lucro. A bola de neve do vermelho é uma armadilha muito difícil de sair. Não acumule fechamentos negativos, jamais. Isto requer planejamento, responsabilidade e disciplina.

Supervisione seus custos e seu faturamento. Se você não tem controle sobre eles, não sabe o lucro que tem.

Não podemos deixar de alertar também para proporcionalidade de faturamento. Até 2017 o faturamento do MEI era de. A partir de 2018 este valor passou para 81 mil reais anuais.

Se você abriu sua empresa em julho de 2017 deve fazer uma conta proporcional. Isso quer dizer que o valor anual depende do mês em que sua empresa foi aberta. No exemplo citado, seu faturamento anual ao invés de ser de 60 mil reais, seria de 30 mil reais, ou seja, até 5 mil reais por mês.

Precificação

Por fim, saiba precificar seu produto. Não valorize por seu apego ou intuição. Seja profissional. Leve em consideração suas despesas e o percentual de lucro que pretende obter.

A entrada de dinheiro só representa lucro quando você tem noção de seus custos. Na dúvida pesquise o mercado e a capacidade de compra de seus potenciais clientes.

Boa sorte, e bons negócios!!!

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!