Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 4 minutos.

A falta de mão de obra qualificada, em especial de mestre de obras, no segmento da construção civil não é uma novidade no Brasil, e a realidade é ainda pior até mesmo em países desenvolvidos, como Canadá por exemplo, que constantemente importa mão de obra de outros países.

No Brasil, além do agronegócio, outro segmento que é muito forte e segue sempre crescendo e contratando é o da construção civil. E muitos brasileiros querem aproveitar essas oportunidades para ocupar as vagas disponíveis no mercado. Mas para isso é preciso qualificação!

O que faz um mestre de obras?


Um mestre atua como um líder na edificação de casas, prédios comerciais e empreendimentos de todos os portes. Ele acompanha construções e reformas do início ao fim, se comunica com diversos públicos e precisa desempenhar diversas ações, como:

 



O mestre de obras é o responsável ainda por resolver problemas durante a construção. Esses problemas podem ser de diferentes naturezas, desde conflitos de relacionamento na sua equipe até imperfeições em acabamentos. Por esse motivo, muitas vezes, faz outras coisas relacionadas à gestão e, como consequência, o horário final de seu expediente costuma ser incerto.

A diferença entre um mestre de obras e um encarregado?


Essa é uma dúvida comum entre pessoas que não vivem o dia a dia da Construção Civil. Há quem acredite que, para edificar um prédio, são necessários apenas um engenheiro, alguns pedreiros e assistentes, mas isso não é verdade!

Há projetos que empregam mais de 1.000 profissionais, de diversas especialidades. O acompanhamento de um ou mais líderes, nesse cenário, é essencial para garantir o andamento e a qualidade no processo. Em geral, esse chefe é um mestre de obras.

Ambos os profissionais atuam como líderes, mas em níveis diferentes. Pense no organograma de uma empresa de médio porte: geralmente há um presidente, diretores e gerentes, certo? A mesma sistemática é aplicável a projetos de Construção Civil.

O mestre é como se fosse o diretor executivo de uma empresa. O encarregado seria o gerente, que lideraria apenas uma equipe de eletricistas, por exemplo.

O mais comum é que um mestre assuma o papel de gestão principal da obra. É ele quem indica os serviços a serem realizados a cada dia, reporta o andamento da obra à construtora, engenheiros e arquitetos e faz a interface com auditores fiscais.

Os encarregados lideram uma equipe de profissionais específicos, que podem ser pedreiros, carpinteiros, armadores e eletricistas, por exemplo.

A relevância do profissional em uma construção


Se você é engenheiro, ou apenas tem alguma experiência com obras, deve saber que problemas como atrasos, desperdício de materiais e custos extras não são incomuns. Alguns ocorrem devido a erros no planejamento, mas uma boa gestão pode minimizar seus efeitos.

É por esse motivo que o trabalho exercido por um mestre de obras é tão importante na Construção Civil, embora muitas vezes seu cargo não tenha tanto status. É ele quem verifica os materiais recebidos, preza pela qualidade dos serviços, contrata pessoas qualificadas, gerencia a equipe e evita desperdícios.

Além disso, e tudo o mais, é esse profissional que se certifica de cumprir as metas semanais de acordo com o cronograma, afinal, precisa manter a construtora e demais interessados na obra cientes de seu andamento.

Como me qualificar no segmento?


Não há uma graduação específica para profissionais que queiram assumir o cargo de mestre de obras. Em geral, as empresas pedem como requisito apenas Ensino Médio completo, conhecimento e experiência em Construção Civil. Algumas exigem também disponibilidade para viajar e carteira nacional de habilitação.

No entanto, existem alguns cursos interessantes na área que podem contribuir com conhecimento e credibilidade ao currículo.

O Instituto Mix é uma alternativa: oferece ao aluno, durante 15 meses, uma grade com matérias de liderança, matemática para a Construção Civil, leitura de projetos, acabamentos e outros temas relacionados a obras.

Habilidades necessárias 


Esse profissional deve ter conhecimentos técnicos em interpretação de projetos, cálculos, medições e segurança do trabalho, por exemplo. No entanto, por ser um gestor e lidar com diferentes públicos, ele deve ser:

 


Entendeu a importância que um mestre de obras tem na Construção Civil? Assim como em uma empresa, ele atua como um diretor executivo e, portanto, ocupa um cargo estratégico para o sucesso do empreendimento.

Ele diminui as chances de atrasos na entrega, evita problemas na equipe e gastos inesperados, e assim, facilita o trabalho de construtoras e engenheiros. 

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!