Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 3 minutos.

 

Há muitas profissões essenciais no mercado e certamente uma das que estão na lista de primordiais na sociedade está a do vendedor. Um bom vendedor sempre tem alguns segredos para ter sucesso nas vendas, saiba quais artimanhas o profissional usa para conseguir vender os seus produtos, seja ele qual for!

Para muitas pessoas a profissão de vender será um desafio, para outras nem tanto, varia bastante de acordo com o perfil de cada profissional. De maneira geral um vendedor tem que gostar de pessoas, se mostrar confiante, passar credibilidade e ter uma boa argumentação para convencer o cliente que, de fato, ele precisa daquele produto em questão.

Cursos de qualificação são essenciais para você aprimorar as suas técnicas e habilidades de vendas, atualmente o Instituto Mix de Profissões conta com os cursos Gestão de Vendas e Liderança, além dos cursos de Técnicas Administrativas e Gestão de Pessoas e Lideranças, que também vão auxiliar o profissional no processo de aperfeiçoamento de gestão de forma geral, organização de pessoal e, claro, vendas.

Vendedor X contatos

Para se vender um produto é necessário que o vendedor siga alguns processos para efetuar, de maneira concreta, a venda. Geralmente tudo começa com o interesse do consumidor em determinado produto, o cliente pode pesquisar em vários estabelecimentos e sabemos que nem sempre o “preço” será o fator exclusivo para a compra, o atendimento e a abordagem do vendedor são fatores determinantes para uma venda.

O vendedor deve conquistar o cliente, mostrando que o produto do seu estabelecimento é melhor e as condições de venda da sua loja também são diferenciadas. Após a visita do cliente o vendedor não pode abandoná-lo, é importante sempre continuar o contato com novas promoções, orçamentos, vantagens ou produtos novos detalhados via mensagens de texto ou ligações.

Lembramos que a internet chegou para aproximar as pessoas, e um bom vendedor fará um uso apropriado e com bom senso dessas ferramentas, sem nunca ser invasivo ou cansativo para o consumidor.

Estude seus produtos

Vamos supor que você seja um vendedor em uma loja de eletrônicos e a dona Maria chega para comprar um smartphone (para acompanhar as tendências e se conectar com as pessoas da sua família), há a marca A, B, C e D, e cada marca possuí diferentes modelos, separados por diversos nomes, configurações, especificações.

Ela gostou do A, mas te pergunta na sequência qual a diferença entre os modelos do A, e a diferença do A em relação a concorrência. Além de ter estudado os produtos (A,B,C e D), e seus respectivos modelos, você fica incumbido de explicar para a dona Maria vantagens e desvantagens de um e de outro, qual a necessidade da cliente com aquela compra, qual é o mais acessível em termos financeiros e de usabilidade.

Mas esse foi um exemplo simples, se você for representante de produtos de uma empresa, por exemplo, e tiver que percorrer lojas, supermercados e outros estabelecimentos para vender seu produto, a tática será a mesma: conhecer a fundo o seu produto, as vantagens dele em relação a concorrência, o porquê dos valores etc.

Ser vendedor é saber ir além da arte de argumentar e convencer, é saber que é preciso um constante estudo dos produtos para que você, enquanto vendedor, tenha propriedade e responsabilidade em suas vendas.

Conheça seu cliente

Outro ponto importante para qualquer vendedor é conhecer qual o perfil do cliente que acabou de cruzar a porta de entrada do estabelecimento ou que acabou de te chamar via aplicativo de mensagem. Geralmente o cliente busca algo específico, algo que vá de encontro com suas necessidades.

Voltamos ao exemplo da dona Maria, uma senhora de meia idade, que quer usar o celular para conversar via aplicativos e se inteirar das novidades das redes sociais. O vendedor precisa traçar qual a necessidade real da dona Maria, que não quer um smartphone “da hora” com super câmeras, muito espaço de armazenamento nem outras funcionalidades que ela nunca vai usar.

O mesmo se aplica a diferentes produtos. Ao analisar o cliente você analisa o perfil deles e, consequentemente, o produto que o cliente está procurando e talvez nem saiba direito qual é, e você como vendedor terá como obrigação ajudá-lo com essa missão.

Honestidade

Ter empatia e ser honesto vale para qualquer profissional que exerça as mais variadas profissões, mas para a atividade de vendedor ser é honesto é fundamental para ele ter uma boa reputação, dizendo sempre a verdade, orientando corretamente o consumidor, assumindo erros quando houverem, não tentar ludibriar clientes com produtos mais caros ou de qualidade inferior por um preço maior, ou fazer um atendimento pós venda mal feito após um produto apresentar defeito e o vendedor se eximir do problema, por exemplo.

O vendedor tem que ser honesto e sempre se colocar na situação do consumir, afinal aquela máxima ainda está “em vigor”: o cliente sempre tem razão!

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!