Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 3 minutos.

O brasileiro adora uma coxinha, só de imaginar uma coxinha fritinha na hora bem quentinha, enchemos a boca d´água, não é verdade? Essa relação com os salgados pode ser entendida, de certa forma, como o “fast food” brasileiro. E para quem produz salgados eles são, além de deliciosos, uma renda altamente lucrativa.

E quando falamos de salgados vai muito além da coxinha, que costuma ser a mais “famosa” entre eles, mas há também os pasteis, rissoles, empanados de salsicha, bolinhas de queijo, croquetes entre outros. Os salgados são uma espécie de tradição nas festas brasileiras como aniversários de crianças, de adultos, comemorações como formaturas, eventos religiosos, festinhas na empresa, e tudo que envolva festividades de modo geral, ou seja, a demanda pelos salgadinhos é sempre alta.

Como começar no ramo de salgados

Primeiramente tenha em mente que você precisa de um espaço sempre muito higienizado, respeitando todas as normas sanitárias de produção, armazenamento e distribuição.

O local deve ser protegido com telas nas janelas e portas, e evitar a entrada de pessoas sem os Equipamentos de Proteção Individual (EPI), como toucas, aventais e calçados especiais para serem utilizados apenas no ambiente do preparo dos salgados. O trabalho da alimentação é lucrativo mas, também, altamente fiscalizado, por tanto sempre se certifique da higiene do local, afinal de contas a última coisa que você quer é começar no ramo causando problemas de saúde nos seus clientes, como uma intoxicação alimentar por exemplo, certo?

Outras informações você pode conseguir no portal oficial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ou nos órgão de fiscalização do seu estado ou município.

Demanda e produção de salgados

Para quem já atua há anos na produção de salgados uma das primeiras orientações é saber o que você pretende com seu negócio. É algo que vai acrescentar na sua renda já existente? É algo que você pretende se doar por inteiro para sobreviver apenas da renda dos salgados? Pretende abrir um espaço como uma pastelaria ou cafeteria, ou só atendimentos por encomenda? Tudo isso deve ser levado em consideração.

A salgadeira Ieda Rocha, com anos de experiência no setor, conta que o começo deve ser controlado com pequenas porções, pequenas quantidades sem fazer grandes investimentos, afinal você não sabe como será o comportamento do mercado e o consumo dos seus salgados por parte dos clientes.

“Você tem que ver o que você pretende com o seu negócio, para quem você pretende vender, qual seu objetivo, você tem que ter uma visão muito boa do seus objetivos quando começar a produção, não pode desanimar, muitas vezes os pedidos surgem em cima da hora, têm que estar preparados”, afirma Ieda.

Pés no chão!

Outra dica valiosa que ela dá é de não fazer muitos salgadinhos para estocar e deixá-los por muito tempo em freezers de modo aleatório, se você ainda não tem clientela ou não sabe como serão às vendas, vá com calma na produção. “Aquele negócio que costuma acontecer muito com que está começando, de amigos e familiares dizerem para você: “começa a fazer que eu compro”, é furada! Comece com os pés no chão e com a certeza do público que você vai atender” enfatiza Ieda.

Invista em maquinário

Para dona Ieda, e tantos outros profissionais da área alimentícia, comprar máquinas para aumentar a produção e otimizar o tempo é um sonho desde o início do negócio. Mas como as máquinas costumam custar alguns milhares de reais, o jeito é começar de forma manual e ir com paciência até conseguir adquirir os aparelhos.

“Eu comecei tudo de forma manual, eu não tinha maquinário, fazia tudo em panelas grandes. Até que as coisas foram crescendo, a produção aumentando, fui pegando o mercado e você, automaticamente, foge do padrão manual e começa a profissionalizar seu negócio. Comprei uma masseira para pastel, masseira para coxinha e quando me dei conta já tinha meu estabelecimento, minha própria pastelaria, feita com a renda dos salgados”, conta a salgadeira Ieda Rocha.

Curso de Salgadeiro do Instituto Mix

O Instituto Mix de Profissões tem uma grande de cursos na área da gastronomia que possibilita a profissionalização em diferentes âmbitos da gastronomia. Um desses cursos é o de Salgadeiro que faz o maior sucesso na rede. O aluno vai ter noções básicas, até as mais avançadas, sobre a produção e tudo que é preciso para trabalhar com esse produto.

“Desde a parte de higiene, boas práticas, segurança alimentar, a forma de armazenar corretamente esse produtos, vai ter uma boa base sobre a produção de salgados fritos, desde os mais comuns até o finos, e os molhos que vão acompanhar todas essas delícias. E claro, o Instituto Mix já pensa além, pensa no aluno atuando no mercado, então ele terá orientações sobre como abrir um negócio, quais caminhos percorrer, todo esse suporte inicial para quem está começando com seu negócio”, explica a instrutora do Instituto Mix, Camila Matos.

Confira no vídeo abaixo, da Série Mercado de Trabalho da IMTV, mais informações sobre esse setor.

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!