Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 2 minutos.

Em todo o Brasil já começaram as doses de reforço contra o Covid-19, que continua a circular em todo o planeta, agora com o risco da variante Delta. Graças a vacinação, os casos graves da doença e de mortes estão caindo consideravelmente.

No Brasil, já começaram as aplicações da imunização de reforço contra a Covid-19 para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos. Essa é a nova recomendação do Ministério da Saúde para a campanha de vacinação para enfrentamento da pandemia.

A dose de reforço será orientada para pessoas imunossuprimidas que tomaram a segunda dose (ou dose única) há pelo menos 28 dias. Além disso, a recomendação do Ministério da Saúde é que idosos, acima de 70 anos, que completaram o ciclo vacinal há 6 meses, também recebam mais uma dose de vacinas Covid-19.

Vacinação de reforço inclui quais vacinas?


De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, o reforço vale para quem tomou qualquer vacina usada na campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 e será realizado, preferencialmente, com uma dose da Pfizer/BioNTech. Na falta desse imunizante, a alternativa deverá ser feita com as vacinas de vetor viral, Janssen ou Astrazeneca.

A nova etapa da vacinação foi definida após reunião entre o Ministério da Saúde, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). A reunião aconteceu em conjunto com a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (CETAI).

As pessoas imunossuprimidas estão entre os grupos prioritários desde o começo da campanha de vacinação, definidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Sobre a redução de intervalo


Além do reforço na imunização, o Ministério da Saúde anunciou ainda a redução do intervalo entre as doses da Pfizer e Astrazeneca de 12 para 8 semanas.

A diminuição do intervalo estava em estudo pela Câmara Técnica e se tornou possível após a vacinação, com a primeira dose, de grande parte da população brasileira acima de 18 anos.

Para mais informações você pode acessar todos os dados atualizados da vacinação no Brasil pelo site oficial do Ministério da Saúde.

 

Powered by Rock Convert
O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!