Blog Instituto Mix
Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 5 minutos.

 

O presente tem dado sinais de um futuro promissor nos mais variados campos como saúde, educação, agricultura, construção, informática e tantos outras áreas. Para nós, cidadãos comuns, o que esperar dos avanços tecnológicos no futuro?

Uma coisa é certa: a cada ano temos mais e mais novidades que farão mudanças no modo de como a sociedade se comporta atualmente. Assim como os celulares, que revolucionaram o modo de comunicação e de interação social em todo o planeta, outros objetos devem surgir para incrementar ainda mais a forma de receber e propagar informações. Vamos acompanhar algumas previsões sobre novidades que podemos esperar até o ano de 2050, algumas delas parecem, atualmente, totalmente impossíveis. Mas, há alguns anos estaríamos falando isso em relação a muitos aparelhos e tecnologias que possuímos hoje em dia. Interessante, não?

A ascensão dos drones no futuro

Tecnologia antes exclusiva das forças armadas, os drones, objetos voadores controlados remotamente, se tornaram populares entre produtoras de vídeos e quem adora aparelhos tecnológicos. A maioria dos drones “civis” substituiu, por exemplo, helicópteros para gravação de imagens áreas e coberturas de eventos. Até mesmo as polícias de todo o mundo aderiram a tecnologia para acompanhar a movimentação do alto, seja de multidões, trânsito ou em parques, praias e outros locais públicos. Na agricultura eles são usados para acompanhar as plantações e os rebanhos mapeando as propriedades. Há grandes chances de que no futuro, com algumas melhorias e adaptações, os drones passem a ser utilizados para entrega de encomendas, resgate em locais de difícil acesso para um aeronave e outros suportes.

Viajando em tubos!

Os trens-bala não são novidade. Usados no dia a dia para transporte público em países da Ásia e da Europa por exemplo, fazem trajetos a mais de 300 km/h. Em poucos minutos percorrem traçados que levariam horas em trens convencionais. Mas há um transporte semelhante, porém, ainda mais rápido e leve. Já testado nos desertos de Las Vegas no estado de Nevada nos EUA, o projeto é do visionário Elon Musk, fundador e CEO da SpaceX e CEO da Testa Motors, além de acumular outras funções como CEO em outros empreendimentos. A invenção se trata do Hyperloop. É uma espécie de trem que pode carregar cargas ou pessoas em vagões semelhantes ao de um trem bala, só que em vez de circular em céu aberto ele percorre o trajeto por tubos suspensos, lembrando uma espécie de encanamento. O transporte elétrico já foi testado várias vezes e quase chegou a incríveis 400 Km/h. Empresas ligas a transportes já demostraram interesse no Hyperloop, como empreendimentos de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Inteligência artificial seguirá evoluindo

Robôs ainda são ligados diretamente ao futuro. E, na maioria dos casos, esquecemos que eles já são uma realidade constante em nossas vidas. Na maioria das vezes pensamos em robôs com formas humanoides nos auxiliando em tarefas diárias. Mas vemos que os robôs já fazem muitas coisas na atualidade. Se você dirige um automóvel, por exemplo, saiba que boa parte dos componentes dele foram montados por robôs programados. Atendimento de suporte ao consumidor são quase que totalmente robotizados, seja no telefone ou pelo chat da empresa. Mas obviamente vem muito mais por aí! Embora não tenhamos contato com super máquinas, elas já existem. Fazem cálculos em segundos que humanos levariam dias. E aos poucos essas super tecnologias vão sendo aplicadas a nossa realidade. A previsão para o futuro sobre a inteligência artificial pode ser considerada um pouco intimidadora. Computadores podem adquirir consciência e tomar decisões por conta própria, ignorando autoprogramação. Parece que os filmes de ficção não estavam errados, não é mesmo?

Futuro e o sistema solar

Países como Estados Unidos, Rússia, Índia, China, Japão e até mesmo o Brasil, já realizaram grandes feitos quando se trata de pesquisas em relação ao espaço, outros planetas e galáxias. Mas há uma planeta que está no foco internacional há alguns anos: Marte! Filmes e séries aumentam ainda mais a curiosidade em relação ao quarto planeta do sistema solar. Já se sabe que Marte possuiu água, a base para a vida, mas os cientistas não estão satisfeitos com o que descobriram até agora. Eles querem ir além! Em um futuro muito, muito próximo, seres humanos deverão ir para o Planeta Vermelho em uma viagem “sem volta”. A ideia é começar a organizar colônias em Marte e o que antes era um projeto ousado, está mais perto de se tornar realidade do que jamais esteve. A previsão é que antes do anos de 2050 os seres humanos já estejam instalados em Marte, com o suporte de robôs para sua sobrevivência. A pressa para desbravar outros planetas tem a ver com o ciclo de sobrevivência da terra. De acordo com cientistas o nosso “gigante azul” já atingiu a metade de seu ciclo de existência. Daqui para a frente, principalmente se as nações não diminuírem a emissão de gases poluentes, a Terra seguirá “ladeira abaixo” e a humanidade correrá riscos com as severas mudanças climáticas. Nos resta aguardar os próximos capítulos do caminho da humanidade.

Carros autônomos

Com a preocupação crescente com o aquecimento global e o apelo pela diminuição da emissão de poluentes na atmosfera, montadoras estão cada vez mais engajadas em buscar alternativas para produzir veículos mais econômicos e menos poluentes. Enquanto algumas marcas se “amarram” em um processo lento de adaptação a essa realidade, outras já estão anos luz à frente. Como é o caso da famosa Tesla Motors. A Tesla é a responsável pela produção de carros elétricos e de alta tecnologia capazes, inclusive, de andarem de forma autônoma. O proprietário passa a ser apenas um apreciador da paisagem. Obviamente ele pode assumir a direção quando bem entender, mas, a confiabilidade do sistema de direção autônomo dos carros Tesla é incrível. A previsão é que em um futuro não tão distante os carros autônomos elétricos ganhem cada vez mais destaque no mercado devido ao apresso da população pelas questões ambientais. Embora a indústria do petróleo ainda tenha muito “poder” global, o futuro é enfático! O carros a combustão perderão espaço significativo para os híbridos e elétricos.

Produção de energia limpa

Investimentos em energia limpa irão marcar uma nova era na produção de energia global

Países como a Alemanha começam um processo de desativação de suas usinas nucleares há alguns anos. O desastres de Chernobyl em 1986 na Ucrânia (na época União Soviética) e de Fukushima no Japão em 2011 mostram que, independente se houver falha humana (como no caso de Chernobyl) ou desastres naturais (como em Fukushima), usinas nucleares são um constante sinal de alerta. Por mais segura que uma usina possa ser considerada, mexer com algo tão poderoso como urânio enriquecido altamente radioativo é algo, no mínimo, arriscado. Por isso as nações do mundo todo estão optando por sistemas energéticos limpos. Podemos esperar no futuro o aumento significativo de produção de energia solar, energia eólica, biomassa e de hidrelétricas.

O que achou do artigo?
Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente? Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!